Portal da Cidade Jacarezinho

PEDÁGIO

DER manda Econorte tirar cancelas extras do pedágio de Jataizinho

Concessionária diz que ainda não foi notificada.

Postado em 08/10/2019 às 09:34 |

DER manda Econorte tirar cancelas extras do pedágio de Jataizinho (Foto: Colaboração / WhatsApp 24Horas)

O Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER-PR) notificou, nesta segunda-feira (07), a concessionária Econorte, para que sejam removidas as cancelas extras e outros dispositivos de redução de velocidade instalados na praça de pedágio de Jataizinho, na Região Metropolitana de Londrina.

A concessionária havia instalado os dispositivos antes das cabines para evitar que os motoristas passassem sem pagar o pedágio na BR-369, considerado o mais caro do estado. Além dos redutores, seguranças particulares também haviam sido contratados pela empresa.

A rodovia é a principal rota de ligação entre o Norte do Paraná e o estado de São Paulo. A tarifa para carros na praça de Jataizinho custa R$ 23,70. A rodovia não é duplicada.

A cancela extra e os seguranças causaram revolta entre alguns usuários. Neste domingo (06), centenas de manifestantes se reuniram na praça durante um protesto. As cancelas foram quebradas e vários motoristas passaram sem pagar a tarifa.

No entanto, nesta segunda, novas cancelas foram reinstaladas pela Econorte, e os usuários levavam entre 4 e 6 minutos para chegar até a cabine de cobrança e pagar a tarifa.

O DER informou que as cancelas extras e redutores foram implantados sem análise e aprovação do órgão, responsável pela concessão da rodovia. Por meio de nota, o Departamento também informou que a instalação de lombadas em rodovias públicas depende de autorização do responsável pela estrada, e que deve ser acompanhada de sinalização horizontal e vertical.

A Econorte, por sua vez, se defende e diz que o novo sistema dará mais conforto ao usuário, deixando o local mais seguro, e também para evitar que motoristas não pagem a tarifa.

A concessionária afirma que os dispositivos estão sinalizados e que ainda não foi notificada pelo Departamento.



Fonte:

Deixe seu comentário