Portal da Cidade Jacarezinho

PROJETO

Projeto do "Financiamento do Parque Industrial" deverá ser reapresentado

No encontro foram debatidos vários pontos sobre a situação e importância do projeto.

Postado em 03/12/2019 às 12:36 |

Financiamento do Parque Industrial" deverá ser reapresentado (Foto: Marcos Junior)

A segunda-feira (2), foi marcada por reuniões importantes na sede do Poder Legislativo de Jacarezinho. A pauta foi em relação a autorização ao Poder Executivo a contratar operações de crédito com a Agência de Fomento do Paraná S.A para a execução de infraestrutura no Parque Industrial III.

A reunião na parte da manhã contou com os vereadores Fúlvio Boberg, André de Sousa Melo (Pastor André), Luiz Carlos do Nascimento, Nilton Stein e Sidnei Francisquinho (Chiquinho Mecânico), o Secretário Municipal de Indústria e Comércio Homero Pavan e representantes da Câmara da Mulher.

No encontro foram debatidos vários pontos sobre a situação e importância do projeto. “É importante este diálogo para podermos sanar as dúvidas que tínhamos sobre o projeto”, comenta Chiquinho Mecânico. Na última semana o Projeto foi reprovado pelo placar de 4x3. Os vereadores que votaram pela reprovação justificaram que havia várias dúvidas e pontos que não embasariam para a votação favorável naquela ocasião.

Não somos contra emprego como foi ventilado. Queremos trazer empresas e auxiliar no que for preciso. Mas é necessário mais debates como este para questionarmos”, comenta Pastor André. O Presidente do Poder Legislativo Fúlvio Boberg destacou que debates assim devem ser constantes em prol da população.

Reapresentação

No período da noite aconteceu outra reunião entre os vereadores, o Procurador do Poder Legislativo Luiz Henrique e o Secretário de Indústria e Comércio. Na ocasião, foi destacado que o Projeto de Lei reprovado na Sessão Ordinária do dia 25 de novembro não pode voltar em pauta neste ano.

Mas existe a possibilidade do Projeto ser alterado em determinados pontos e ser reapresentado na próxima sessão. O Secretário explicou que irá ser solicitada uma Certidão Negativa que o município não possui para a assinatura da Operação de Crédito. Vamos esperar o novo Projeto chegar ao Poder Legislativo para podermos ver todos os pontos e emitir o parecer”, finaliza Luiz Henrique.

Fonte:

Deixe seu comentário